MEDITAÇÕES

A Palavra de Deus é a relíquia das relíquidas, a única, na verdade, que nós, cristãos, reconhecemos e temos. (MARTIN LUTERO)

“Pedra de socorro” (Ebenézer)

Você já olhou para trás e observou os caminhos que percorreu na vida? Certamente alguns você planejou, percorreu e conseguiu chegar ao seu destino, ao seu objetivo, sem muitos problemas. Outro, você percorreu por necessidade ou pura aventura, chegando a lugares e enfrentando situações nunca imaginados. É por isso que se diz que o caminho se faz caminhando. Às vezes, não sabemos como conseguimos aguentar e superar todos os desafios.

Pelos caminhos da vida muitas pessoas percebem e reconhecem que não teriam suportado todos os desafios sem o auxílio de Deus. É por isso que Josué, observando tudo o que aconteceu desde a saída da escravidão do Egito, declara: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor.” Motivados e desafiados por essa declaração, também o povo reunido renovou a Aliança com Javé, dizendo: “O Senhor é o nosso Deus... e nos guardou por todo o caminho em que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos... nós também serviremos ao Senhor, pois ele é o nosso Deus” (Josué 24.17 e 18). Fé também se alimenta de fatos do passado.

Há muitos hinos que celebram e dão graças pelo socorro de Deus em momentos difíceis. Um deles diz: “Até aqui me trouxe Deus; guiou-me com bondade. Ele amparou os passos meus com graça e fieldade.” (HPD 1 - 233) A autora, Ämilie Juliane, inspirou-se em uma passagem de Samuel 7.12: “Até aqui nos ajudou o Senhor”. Samuel estava convencido da presença de Deus na vitória sobre os filisteus, que incomodavam o povo de Israel, fazia tempo.  Para que esse auxílio não fosse esquecido, Samuel colocou uma pedra de lembrança entre Mispa e Sem, e deu o nome a ela de Ebenézer, que significa “pedra de socorro”. (https://www.luteranos.com.br/conteudo/ate-aqui-me-trouxe-deus)

O caminho de nossas vidas é marcado por muitas “pedras de socorro”. Conseguimos suportar e vencer certas situações por pura graça e bondade de Deus. A sua presença, sentida ou não, deu-nos forças para passarmos pelos perigos de caminhos que nós mesmos escolhemos seguir ou pelos desafios de caminhos novos, que não planejamos.

A lembrança dessas “pedras de socorro” de Deus fortalece a fé em Deus, que liberta. A recordação desses momentos desperta a confiança e ajuda a vencer o medo do presente e do futuro. O medo paralisa as pessoas. O caminho, não importa as circunstâncias, para ser percorrido, precisa de pessoas corajosas e confiantes no auxílio de Deus. Quem não sabe identificar, valorizar e dar graças pelo socorro de Deus em sua história de vida, em seu passado, dificilmente encontrará coragem para trilhar novos caminhos, novos desafios.

Continue percorrendo o caminho de sua vida, nesses tempos de pandemia, com fé, esperança e amor (1 Coríntios 13.13). Olhe para o seu passado. Identifique as “pedras de socorro” de Deus, desde o seu nascimento. Certamente são muitas. Não tenha medo do presente e nem do futuro. Guarda contigo a promessa de Jesus: “E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século” (Mateus 28.20).

Pastor Luis Henrique Sievers

Comunidade Evangélica de

Confissão Luterana em Lajeado
 

SECRETARIA:
Rua Alberto Torres, 297 – Centro
Cx Postal 93 - CEP 95900-188 - Lajeado/RS


Fones: (51) 3714-1825 ou 3710-1081
E-mail: secretaria@ieclblajeado.com.br

© 2019  - Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Lajeado - RS