MEDITAÇÕES

A Palavra de Deus é a relíquia das relíquidas, a única, na verdade, que nós, cristãos, reconhecemos e temos. (MARTIN LUTERO)

Uma Páscoa diferente

“Sabemos que Cristo foi ressuscitado e nunca mais morrerá, pois a morte não tem mais poder sobre ele.” (Romanos 6.9)

 

Neste ano, estamos vivendo uma Páscoa diferente. As igrejas estão fechadas. Os cristãos estão em suas casas. São recomendações das autoridades civis e religiosas, para proteger e vida, evitando aglomerações. A celebração da ressurreição de Jesus Cristo, este ano, vai ser na privacidade do nosso lar. Embora a morte não tenha mais poder sobre Jesus, ela ainda ameaça a nós de várias maneiras. Ela nos ameaça com o coronavírus, a Covid-19. Até o momento, essa pandemia já infectou cerca de um milhão e oitocentos mil pessoas e matou mais de cem mil no mundo. No Brasil, ela também está mostrando as suas garras, com mais de mil e cem mortes.

 

Mesmo nessa situação, encontramos sinais de esperança. Há muita gente de coração aberto para a prática do amor, demonstrando solidariedade e cuidado com as pessoas mais necessitadas. Profissionais da saúde, que estão na linha de frente, não medem esforços para cumprir com o seu juramento de salvar vidas. Os serviços essenciais são mantidos por trabalhadores que se esforçam para que nada falte para os que ficam em casa. Os cientistas estudam a ação do coronavírus em nosso corpo, para achar, o mais cedo possível, um remédio, uma vacina. Enfim, em meio às incertezas e ao medo, surgem sinais de esperança de que, unidos, é possível vencer mais essa pandemia.

 

A fé é um ingrediente essencial da vida. Mesmo com as nossas igrejas fechadas e os nossos encontros presenciais adiados, ela pode ser alimentada no recanto de nosso lar, com nossa família, através de orações, leitura da bíblia, de devocionários, de cantos, bem como de acolhida e de participação em celebrações que a igreja oferece via internet. Afinal, Igreja, são as pessoas de fé. Elas são o templo do Espírito Santo, afirma o apóstolo Paulo (1 Coríntios 6.19-20). Vamos fazer isso até que possamos nos encontrar novamente, nas ruas, praças, escolas e igrejas de nossas cidades, com saúde e segurança.

A fé em Jesus Cristo também pode e deve se expressar em gestos de amor, de serviço, de diaconia, como ele mesmo demonstrou em sua vida. Inspiradas nele, pessoas estão costurando máscaras e aventais para os hospitais e instituições que abrigam idosos, ou doando para familiares e amigos; umas doam alimentos para os mais carentes; outras estão fazendo compras para pessoas idosas. É bonito ver pessoas compartilhando vídeos de mensagens confortantes e música, para aliviar a angústia do isolamento. Aliás, o simples gesto de ficar em casa expressa nossa responsabilidade pública e nosso compromisso com a vida do próximo, diminuindo a propagação do coronavírus. Assim, protegemos a nós, a nossa família e aos outros.

Com fé, amor e esperança superaremos essa pandemia. Nós faremos, juntos, a passagem para uma vida livre dessa ameaça, em que o coronavírus não terá mais poder sobre nós. Vamos trabalhar para que não falte ninguém nessa festa da vida. E, se, mesmo assim, tivermos que nos despedir de pessoas queridas e amadas, que seja com a certeza da fé de que ressuscitarão e nunca mais morrerão. Essa experiência sirva como um aprendizado. Que possamos sair dela transformados, diferentes, mais humanos e solidários uns com os outros. Isso é Páscoa. É a promessa de vida nova se impondo sobre as forças da morte.

Feliz Páscoa para você e para toda a sua família!

 

P. Luis Henrique Sievers

Comunidade Evangélica de

Confissão Luterana em Lajeado
 

SECRETARIA:
Rua Alberto Torres, 297 – Centro
Cx Postal 93 - CEP 95900-188 - Lajeado/RS


Fones: (51) 3714-1825 ou 3710-1081
E-mail: secretaria@ieclblajeado.com.br

© 2019  - Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Lajeado - RS