Comunidade Evangélica de

Confissão Luterana em Lajeado
 

SECRETARIA:
Rua Alberto Torres, 297 – Centro
Cx Postal 93 - CEP 95900-188 - Lajeado/RS


Fones: (51) 3714-1825 ou 3710-1081
E-mail: secretaria@ieclblajeado.com.br

© 2019  - Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Lajeado - RS

MEDITAÇÕES

A Palavra de Deus é a relíquia das relíquidas, a única, na verdade, que nós, cristãos, reconhecemos e temos. (MARTIN LUTERO)

Se tiverem amor uns pelos outros

O que acontece se tivermos amor uns pelos outros? Jesus responde: “todos saberão que vocês são meus discípulos.” (João 13.35) A prática do amor é, portanto, a carteira de identidade daquelas pessoas que seguem Jesus Cristo, que olham para ele e buscam inspiração para a condução de suas próprias vidas. Essa identidade com Jesus pode ser tão profunda, que Lutero chega a dizer que nós devemos ser, hoje, um “pequeno Cristo” para o próximo.

Se tivermos amor... Que força, que magia, tem o amor que pode transformar a minha, a sua a nossa vida. Mas o que significa, na prática, amar? Os alunos e alunas do 5º ano responderam dizendo:  Fazer o bem sem esperar nada em troca, aceitar as pessoas que vivem e pensam diferente do que eu, amar “é sentir-se bem com a felicidade do próximo”, não procurar apenas os seus interesses, “mas se doar em prol do bem estar de todos”. Essa vida que Deus nos deu é curta, mas pode ser tão intensa, profunda e boa, “se tivermos amor”.

 

Tempo de advento é tempo de lembrar que “Deus é amor. Aquele que vive no amor vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele”. (1 João 4.16) Cristãos de todo mundo afirmam que esse amor divino, não está longe, distante de nós. Pelo contrário ele veio para bem perto, para fazer morada entre nós. É Emanuel, Deus conosco. Quando abrimos a janela do nosso coração, ele vem, ali, fazer morada. “Temos um coração alegre quando Cristo mora nele”, leu a Mariana. Parece que tudo se ilumina e faz sentido!

 

E cantar é uma das primeiras expressões da alegria que habita em nós. Quando a alegria ganha força e vigor, ela não cabe no peito. Explode numa sinfonia de vozes e instrumentos musicais tão diversos. O reino de Deus é uma plenitude de alegria, uma enorme sinfonia. As barreiras que separam os seres humanos uns dos outros e de Deus são superadas. Assim como uma orquestra é enriquecida por novos instrumentos e vozes, vamos acolher as nossas diferenças como uma riqueza da vida. Cristo será tudo em todos! (Colossenses 3.11)

 

É isso que nos motiva a viver: o amor de Deus e o amor ao próximo. Esse é o caminho que supera as nossas diferenças e nos une em uma enorme sinfonia de glória a Deus nas alturas e paz na terra! Abra a janela do seu coração. Há uma imensa natureza para ser cuidada. Há uma imensidão de gente para ser amada, inclusive você.  Amor vive na relação com Deus e com o próximo. Amor não se vive na solidão.

 

P. Luis Henrique Sievers